segunda-feira, 20 de novembro de 2017

Serra do Açor: volto na primavera

Impossivel  regressar à escrita e tratar qualquer assunto comezinho quando, a cada passo, registo imagens  da terrível passagem do fogo pela "minha" Serra, agora vestida com os tons  da morte.
Sábado, a meio da tarde, eu  e alguns familiares vindos de longe, fomos em "passo de passeio"  visitar  os recantos que fiz "meus" - o encanto permanece,  mudou  a paisagem!
Terriveis imagens sem palavras  que as descrevam...
Depois da Mata da Margaraça, subimos para Monte Frio, a caminho do Piódão; por unanimidade tomámos o rumo de Pomares.
Com a viatura parada e fora dela, perto de um miradouro, em silêncio olhámos em redor - terriveis imagens sem palavras  que as descrevam...
O Hugo falou do ecosistema, profundamente alterado. A Rita questionou-se em voz alta sobre o destino dos animais selvagens....
Nem o pipilar de um modesto passarinho, disse eu.








Na próxima primavera, com a "minha" Serra  coberta de verde, volto.
Enviar um comentário