O alambique

A "ti" Aida passa dos noventa, o Armando dos sessenta - gente boa do meu "sítio".Um dia destes fui honrado com o convite para um churrasco enquanto o alambique destilava aguardente de medronho - coisa da memória para os mais novos porque a tradição já não é o que era. Resta a "ti" Aida... e o Armando, que vem da cidade para não deixar morrer hábitos antigos.

Comentários

Rosa disse…
Diria mesmo que daquele alambique sai uma poção mágica (nem o Obélix se aguentava) que faz com que a Ti'Aida se mantenha fresca como uma alface... ninguém diria que já tem 90 e qualquer coisa... ah g'anda medronho!!!!! Já agora os meus PARABÉNS pelo blog, estou a gostar ;)
Anónimo disse…
ohhhhhhhhhh tanta aguardente ja bebi feita por esta senhora,grandes amigos