__________________________________________________________________________________________________________________________

sábado, 22 de agosto de 2020

O “lapso” do Boletim Municipal de Arganil

 

O carteiro deixou na minha caixa de correio o Boletim Municipal de Arganil referente ao mês de agosto. Atento às fotografias, resumi a leitura das notícias, exceto as que dizem respeito à União de Freguesias de Coja e Barril de Alva - li tudo, de “fio a pavio”!

Agradado com as “precisas e concisas” notícias de boas obras - mesmo boas! - no “melhor pano cai a nódoa”, e logo nas coisas da minha terra, o Barril de Alva:

- O repórter (?) de serviço ao ato inaugural da casa/museu “Os Barrilenses são assim” bem podia ter alinhavado uma ou duas linhas sobre o alto patrocínio da União e Progresso do Barril de Alva - UPBA, que custeou a totalidade das obras  da antiga sede da  Filarmónica, segundo afiançou António Figueiredo (mais conhecido entre os seus pares por “Tonecas”), presidente da UPBA. Omitindo o facto, as “boas intenções” dos leitores ficam  com a ideia (errada) de que, possivelmente, a  Câmara Municipal deu uma “ajudinha”  no pagamento das despesas…

Sobre o patrocínio da UPBA “estamos conversados”.

…Quanto à “atribuição” da presidência da Associação Filarmónica Barrilense a Flávio Martins, a “coisa” muda de figura, por não ser verdade: o conhecido barrilense Carlos Nobre é o homem da “batuta” na gerência da Filarmónica. Ponto.

Convinha retificar “o lapso” no próximo Boletim.

Carlos Ramos

Sem comentários: